Simpósio 2019

Simpósio 2019 na era digital


A décima terceira edição do Simpósio Internacional de Endoscopia Digestiva da SOBED, realizada em Campinas (SP), reuniu centenas de participantes em uma esfera de atualização científica e integração digital. O curso Teste seus Conhecimentos e a prova de título de especialista foram feitos pela primeira vez utilizando o recurso de tablets. Durante a cerimônia de abertura do Simpósio Internacional de Endoscopia Digestiva da SOBED, que fez parte do programa do Campinas 2019 e reuniu outros três eventos, dentre eles o World Congress of the Abdominal Compartment Society e o Congresso da SOBRACIL-SP, o presidente da SOBED, Jairo Silva Alves, ressaltou a qualidade científica dos trabalhos apresentados e a participação de colegas de várias partes do País, enfatizando o momento importante pelo qual a Sociedade vem passando, de planejamento, modernização e foco em serviços para o associado.

Entre os dias 30 de maio e 1º de junho, aproximadamente 400 participantes tiveram a oportunidade de discutir os mais variados assuntos relacionados ao diagnóstico, screening e tratamento dos diferentes tipos de câncer que acometem o aparelho digestivo. Essa, inclusive, foi uma mudança feita especialmente a programação científica do Simpósio, complementando as edições anteriores, que tratavam os vários assuntos da especialidade de maneira mais ampla e superficial.

Em 2019, o Simpósio fez um verdadeiro “check-up” do tema, com uma sequência de palestras estrategicamente organizadas. A imersão digital foi uma das apostas mais interessantes adotadas pela SOBED no Simpósio, a ampliação do uso de ferramentas digitais em nossas atividades corroborou num pareamento com as novas tecnologias. O tradicional "Curso Teste seus Conhecimentos – Baseado em Evidências" teve sala cheia durante todo o dia 30. Em substituição aos tradicionais tokens utilizados nos últimos anos, a SOBED implementou tablets para a integração dos participantes, o que permitiu ampliar e dar mais qualidade às imagens apresentadas, bem como oferecer uma forma de levantar questões e dúvidas diretamente aos palestrantes. Um dos coordenadores do Curso, Jimi Scarparo, explicou aos participantes que, caso as questões não pudessem ser respondidas no ato, elas seriam encaminhadas aos autores para que respondessem diretamente ao participante após o  evento.